Que máquina de gravação a laser escolher

As máquinas de gravação podem ser automáticas ou manuais, e permitem efetuar gravações ou marcações através da remoção de material. Existem vários tipos de máquinas de gravação: mecânicas, a laser, etc. Enquanto uma máquina de gravação mecânica utiliza materiais extremamente duros para gravar outros materiais, uma máquina de gravação a laser utiliza a energia concentrada de um raio laser para vaporizar ou fraturar o material.

Este guia trata unicamente das máquinas de gravação a laser.

A gravação a laser é um processo de marcação sem contacto e que pode ser utilizado com a maioria dos materiais. A gravação é rápida e produz traços finos. São numerosos os setores industriais que recorrem à gravação a laser, desde a indústria automóvel à aeroespacial, passando pela indústria de produtos médicos e farmacêuticos.

Máquinas de gravação a laser: ver produtos

  • Porquê optar por uma máquina de gravação a laser?

    A marcação a laser apresenta várias vantagens:

    • Gravação permanente: a marcação a laser permanece inalterável, pois não se desgasta nem se deteriora com o tempo.
    • Rápida velocidade de gravação: a gravação de uma peça demora apenas alguns segundos.
    • Gravação de alta precisão: a marcação a laser é das que oferece maior precisão, produzindo marcas mais elegantes e mais nítidas do que as obtidas com outros métodos de gravação.
    • Compatibilidade com inúmeros materiais: permite efetuar marcações numa grande diversidade de materiais, como papel, metais, plásticos e materiais frágeis.
  • Como escolher uma máquina de gravação a laser?

    Máquina de gravação a laser da Satisloh

    Estes são os principais critérios a ter em conta ao escolher uma máquina de gravação a laser:

    • Material a gravar: a marcação a laser é compatível com muitos materiais; no entanto, as propriedades do material a gravar vão ditar a escolha de outras características da máquina, como a potência do laser.
    • Potência do laser: deverá escolher uma máquina com uma potência adequada aos materiais que deseja marcar. No caso de materiais duros, por exemplo, opte por um laser de alta potência para obter um acabamento de boa qualidade.
    • Tipo de laser: a marcação a laser pode ser feita com laser de CO2, de fibra ou Nd:YAG. Este último é o mais aconselhável para materiais frágeis e delicados.
    • Dimensões das peças a gravar.
    • Tipo de marcação: as gravações podem ser mais ou menos profundas, com maior ou menor contraste. Dependendo do aspeto que deseja conferir à marcação, irá optar por uma tecnologia que produza marcas mais nítidas ou mais esbatidas.
    • Tipo de informação a gravar: poderá querer gravar caracteres alfanuméricos, texto, códigos de barras, códigos QR, logotipos, imagens ou símbolos, por exemplo.
    • Software de design gráfico: precisará de um programa informático específico para realizar a conceção gráfica das marcações. Algumas máquinas trazem o software incluído. Caso já tenha um software, assegure‑se de que a máquina que pretende comprar é compatível com o mesmo.
    • Segurança: tenha em conta as características do local onde conta instalar a máquina de gravação a laser. Se a colocar num espaço que não esteja separado de outras áreas de trabalho, terá de prever dispositivos de segurança adequados, incluindo indicadores luminosos de laser em funcionamento, cortinas especiais para vedação da área de trabalho, óculos de proteção para os operadores, etc. As máquinas equipadas com lasers de elevada potência devem ser sempre instaladas numa divisão à parte.
  • Que tipo de laser escolher?

    Máquina de gravação a laser CO2 da Gravograph

    Existem diferentes tipos de lasers.

    • Laser de CO2: a gravação é efetuada com um feixe de laser de dióxido de carbono.
      • É indicado para gravar materiais orgânicos (madeira, papel, borracha, etc.);
      • Produz marcas sem contraste e é ideal para a gravação de códigos, datas e números de série em embalagens, por exemplo;
      • Gera radiação com um comprimento de onda de 10,6 mícrons, podendo ser utilizado num espaço comum, mas com uma barreira de Plexiglas para maior segurança.
    • Laser de fibra: utiliza fibra ótica para gravar materiais.
      • É adequado para gravar materiais não orgânicos (metal, plástico, cerâmica);
      • Produz marcas com contraste;
      • Pode ser utilizado para gravar códigos de barras, códigos QR e gráficos de altíssima qualidade;
      • Gera radiação com um comprimento de onda de 1 mícron, por isso as máquinas a laser de fibra devem ser instaladas em áreas delimitadas por divisórias de proteção ou então numa divisão à parte.
    • Laser Nd-YAG: este tipo de laser tem uma potência três vezes superior à dos lasers de fibra.
      • É indicado para realizar gravações de elevado contraste em plásticos e em alumínio anodizado;
      • Gera impulsos curtos criando, assim, marcas mais nítidas, mais fáceis de ler por scanners, o que proporciona uma melhor rastreabilidade dos produtos;
      • É o mais aconselhado para gravar materiais delicados, nomeadamente cristal.
  • Que materiais podem ser gravados a laser?

    Máquina de gravação a laser da TAMPOPRINT AG

    A marcação a laser é compatível com a grande maioria dos materiais, a saber:

    • todos os metais (alumínio, aço, aço inoxidável, bronze, etc.);
    • a maioria dos plásticos (poliamida, polipropileno, etc.);
    • os materiais orgânicos (madeira, papel, cartão), exceto o couro.

    Atenção que há, no entanto, alguns materiais incompatíveis com a gravação a laser, tais como:

    • couro;
    • fibras de carbono;
    • óxido de berílio.
  • Que potência de laser escolher?

    A potência é o elemento mais importante a ter em conta ao escolher uma gravadora a laser. Quanto mais elevada for, mais rápida é a gravação. A potência é indicada em Watts (W) nas especificações da máquina e a sua escolha depende essencialmente da natureza do material a gravar. Quanto mais espesso for o material, mais alta deverá ser a potência do laser para se obter uma gravação de boa qualidade. Por exemplo, para realizar gravações em papel não é necessário um laser com uma potência tão elevada como para gravar madeira.

  • Quais as aplicações das máquinas de gravação a laser?

    As máquinas de gravação a laser são utilizadas numa grande variedade de setores industriais para facilitar a rastreabilidade dos produtos.

    • Estes são alguns dos principais: automóvel, aeronáutica, energia, metalurgia, indústria médica e farmacêutica.
    • Estão presentes também nos seguintes setores: agricultura, indústria agroalimentar, defesa, eletrónica, caminhos-de-ferro, obras públicas, etc.

    São utilizadas para gravar diversos tipos de elementos visuais, como caracteres alfanuméricos, textos, códigos de barras lineares, códigos QR, logotipos, imagens e símbolos. A gravação pode ser feita a preto e branco ou a cores, em 2D, com mais ou menos contraste.

  • Que outras características ter em conta?

    Ao escolher uma máquina de gravação a laser, importa levar em conta outras características da gravação, em particular:

    • A profundidade;
    • A velocidade;
    • A resolução (contraste, nitidez).
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *