Que máquina de corte escolher?

As máquinas de corte são constituídas por uma mesa e por uma ponte com a cabeça de corte. São utilizadas para cortar chapas, placas, perfis e painéis. Podem dispor de diferentes tecnologias de corte, como corte a laser, corte a jato de água, corte a plasma, etc., cuja escolha vai depender do material a cortar e das necessidades de produção.

De notar que as máquinas de serrar não são abrangidas por este guia.

Máquinas de corte: ver produtos

  • Como escolher uma máquina de corte?

    Para escolher uma máquina de corte, deve, antes de mais, basear‑se nas principais características do material ou dos materiais que terá de cortar. Isto porque as máquinas de corte para metais, as máquinas de corte para plásticos, as máquinas de corte para tecidos e as máquinas de corte para madeira não utilizam todas a mesma tecnologia, para referir apenas alguns exemplos.

    Além disso, deve assegurar‑se de que a máquina pode realizar as espessuras de corte pretendidas e de que a área da mesa é adequada às dimensões das peças com que vai trabalhar. Por fim, irá escolher a tecnologia de corte de acordo com a precisão, a qualidade de corte e a produtividade necessárias.

  • Quais as principais tecnologias de corte?

    Para cortar metais, poderá optar pelo corte a laser, pelo corte a plasma, pelo corte por eletroerosão ou pelo oxicorte. Para materiais rígidos, metálicos ou não, pode recorrer ao corte por jato de água, que permite cortar espessuras significativas. Já no caso de materiais flexíveis como tecidos, couro, plásticos flexíveis, papel ou cartão, a máquina de corte com faca é uma boa opção.

    O quadro seguinte resume a compatibilidade das diferentes tecnologias com os principais materiais usados na indústria:

    Plasma Laser Jato de água Eletroerosão
    (EDM)
    Oxicorte Faca
    Aço x x x x x
    Aço inoxidável x x x x x
    Alumínio x x x x x
    Cobre x x x x
    Latão x x x x
    Plástico rígido x x
    Plástico flexível x x
    Couro x x x
    Têxteis x x x
    Vidro x x
    Cerâmica x x
    Madeira x
  • Quando optar por uma máquina de corte a laser?

    Máquina de corte a laser Farley Laserlab

    As máquinas de corte a laser utilizam o calor de um feixe de laser orientado por espelhos ou fibras ópticas. Podem cortar diferentes tipos de materiais, consoante o tipo de laser.

    • As máquinas de corte a laser de CO2 são mais adequadas para o corte de plásticos, espuma, madeira, vidro, têxteis e aço macio. O laser de CO2 não corta metais refletores, tais como o cobre ou o latão.
    • As máquinas de corte a laser de fibra têm maior potência, destinando‑se sobretudo ao corte de chapa, aço, aço inoxidável, alumínio e alguns tipos de plástico.

    O corte a laser permite trabalhar diferentes materiais sem ser preciso trocar de ferramenta, bastando para isso ajustar os parâmetros do laser. Trata‑se de um processo de elevada precisão e corte muito fino, ideal para contornos complexos. Podem atingir elevadas velocidades de corte, consoante o material a cortar. As máquinas de corte a laser são totalmente automáticas, necessitando de muito pouca intervenção humana, o que reduz consideravelmente o risco de acidentes de trabalho.

    A principal limitação deste processo é a reduzida profundidade de corte, que não ultrapassa os 25 milímetros. Por conseguinte, as principais aplicações do corte a laser são o fabrico de chapas, especialmente para a indústria automóvel, e de caixas metálicas para quadros elétricos, computadores, etc. Para peças de espessura superior a 25 mm, o corte a plasma é o mais adequado. Como o feixe de laser aplica uma grande quantidade de calor numa pequena área, pode causar deformações significativas.

    O corte a laser produz emissões gasosas, pelo que é essencial uma boa ventilação do local onde se situa a máquina.

    Principais vantagens:

    • Elevada precisão de corte
    • Alta velocidade
    • Boa qualidade de corte
    • Baixo nível de ruído
    • Baixa vibração
  • Quando optar por uma máquina de corte a plasma?

    Máquina de corte a plasma Voortman

    As máquinas de corte a plasma são utilizadas apenas para metais ferrosos (aço, aço inoxidável, etc.) e não ferrosos (latão, cobre, alumínio, etc.) com uma espessura máxima de 160 mm.

    A velocidade de corte com plasma é superior à do corte a laser para chapas de grande ou média espessura, e à do oxicorte para chapas de espessura média ou fina. De um modo geral, o corte a plasma é apropriado para chapas grossas de metal.

    O princípio do corte a plasma é bastante semelhante ao da soldadura TIG: é gerado um arco elétrico que ioniza o gás projetado através do bico da tocha entre o elétrodo e a peça a cortar. Os gases mais utilizados no corte a plasma são o ar, o árgon, o azoto, o oxigénio e o hidrogénio. Independentemente do gás utilizado, será necessário substituir regularmente o bico da tocha e o elétrodo.

    Para um uso pontual, existem máquinas de corte a plasma portáteis, que são bastante práticas. Devido ao calor que gera e aos fumos provenientes do metal vaporizado, o corte a plasma só pode ser realizado em locais muito bem ventilados ou ao ar livre.

    Principais características:

    • Corte de metais com espessura até 160 mm
    • Alta velocidade
    • Necessidade de uma boa ventilação
    • Substituição frequente do bico e do elétrodo
  • Quando optar por uma máquina de corte a jato de água?

    Máquina de corte a jato de água da LDSA

    As máquinas de corte com jato de água utilizam a pressão da água para cortar todos os tipos de materiais até 600 mm de espessura, exceto o vidro temperado, que se quebraria com a pressão. No entanto, recomendamos que limite a utilização destas máquinas ao corte de peças até 200 mm de espessura, a fim de manter uma boa velocidade e precisão de corte.

    Para seccionar materiais rígidos, é necessário utilizar um fluido contendo água misturada com um abrasivo. Já para materiais flexíveis, que poderiam ser cortados com uma lâmina, pode-se usar água pura. A ausência de abrasivo prolonga a vida útil das ferramentas.

    O corte por jato de água não deforma a peça, visto não ocorrer um aumento da temperatura, e permite um acabamento de elevada qualidade. Contudo, trata-se de um processo ruidoso.

    O corte é bastante rápido em linha reta, mas abranda significativamente quando se muda de direção.

    A aquisição de uma máquina de corte a jato de água representa um investimento elevado, mas ainda assim mais acessível do que uma máquina de corte a laser.

    Principais características:

    • Muito versátil, corta todos os tipos de materiais
    • Não há deformação das peças
    • Elevado nível de ruído
    • Baixa velocidade se o corte não for a direito
  • Quando optar por uma máquina de corte por oxicorte?

    Máquina de corte por oxicorte da Voortman

    As máquinas de corte por oxicorte aplicam um jato de oxigénio puro sobre o metal em fusão para efetuar o corte. Esta técnica só pode ser utilizada em determinados tipos de aço, mas tem a vantagem de permitir cortar chapas até 400 mm de espessura.

    É um processo relativamente lento, mas há máquinas dotadas de várias tochas de oxicorte que funcionam em simultâneo, que apresentam maior capacidade de produção.

    Principais características:

    • Utilização limitada ao aço
    • Espessura de corte até 400 mm
    • Baixa velocidade de corte
  • Quando optar por uma máquina de corte por eletroerosão?

    Máquina de eletroerosão Makino

    As máquinas de corte por eletroerosão, também conhecidas por máquinas de erosão e máquinas de EDM, são utilizadas para a maquinagem de materiais condutores. Podem seccionar com grande precisão peças de trabalho com uma espessura máxima de 300 mm. O seu princípio de funcionamento consiste em remover o material da peça por meio de descargas elétricas.

    Este processo é recomendado para o corte de metais muito duros, tais como os aços temperados.

    Principais características:

    • Elevada precisão de corte
    • Utilização limitada aos metais
    • Corte de metais muito duros
  • Quando optar por uma máquina de corte com faca?

    Máquina de corte com faca da Eastman

    As máquinas de corte com faca destinam‑se ao corte de materiais flexíveis como tecido, couro, vinil, etc., com espessuras até 50 mm. Para espessuras maiores, é aconselhável usar máquinas de corte por jato de água.

    Estas máquinas executam cortes de alta precisão, mas a ferramenta de corte, isto é, a faca, tem de ser substituída regularmente.

    Este processo é, igualmente, utilizado para o corte de materiais de embalagem, como o papel, o cartão e o papelão.

    Principais características:

    • Utilização limitada a materiais flexíveis
    • Espessura de corte até 50 mm
    • Alta precisão de corte
    • Regular substituição da faca
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível.