Como escolher uma envasadora

A envasadora é uma máquina destinada a encher recipientes com diversos tipos de produtos. Também chamada enchedora, máquina de enchimento ou máquina de envase, é usada numa grande variedade de setores, nomeadamente nas indústrias alimentícia, cosmética e farmacêutica.

Envasadoras: ver produtos

  • Como escolher a envasadora certa?

    Ao escolher uma envasadora, importa ter em conta os seguintes fatores:

    Produto a ser envasado: a escolha da máquina irá variar consoante esta se destine ao envase de um produto líquido, viscoso, espumoso, pastoso, gasoso ou um granel sólido. De notar que o engarrafamento de bebidas carbonatadas, como o champanhe, é realizado com envasadoras isobáricas/tampadoras, dotadas de um sistema de pressurização, que retiram o ar remanescente na garrafa.

    Tipo de recipiente: outro dos fatores a levar em consideração na hora de comprar uma máquina envasadora é o tipo de recipiente a encher, mais precisamente o formato, o tamanho e o material de que é feito. Existem envasadoras de garrafas, envasadoras de sacos, envasadoras de potes, envasadoras de latas de bebida, envasadoras de tambores, entre muitas outras. O material do recipiente é igualmente importante. Pode optar por uma máquina para encher garrafas de vidro, garrafas de plástico ou embalagens Tetra Pak, por exemplo. Para recipientes com rolha ou tampa, recomendamos uma envasadora/tampadora. O formato e o tamanho dos recipientes também irão influenciar a escolha da máquina de enchimento. Convém escolher um modelo versátil, compatível com recipientes de diferentes formatos e tamanhos.

    Capacidade de produção: esta depende das necessidades de produção, que variam geralmente em função das dimensões da empresa. No caso das envasadoras mais pequenas, a produtividade estimada é indicada em número de recipientes enchidos por hora, enquanto nas máquinas com maior capacidade de produção esta é indicada em número de recipientes enchidos por minuto.

    Modo de funcionamento: trata‑se do nível de automação da máquina. As máquinas enchedoras podem ser manuais, semiautomáticas ou automáticas.

    Espaço disponível nas instalações: há envasadoras bastante grandes, por isso, antes de optar por um modelo, verifique se o espaço de que dispõe é suficiente para instalar e operar a máquina em questão.

    Manutenção: para além da limpeza periódica, se a envasadora for utilizada para diferentes produtos, será preciso limpá‑la sempre que mudar de produto. Para limpar uma envasadora, muitas vezes é necessário desmontar as peças em contato com o produto. No entanto, pode evitar esse trabalho se optar por uma enchedora elétrica com sistema de autolimpeza.

  • Envasadora automática, semiautomática ou manual?

    Máquina enchedora automática Cozzoli Machine Company

    Envasadora automática da Cozzoli Machine Company

    Envasadoras automáticas

    São máquinas totalmente automatizadas, ou seja, funcionam sem necessidade de intervenção de um operador. Os recipientes são encaminhados por um transportador contínuo motorizado até a estação de enchimento, onde os bicos de enchimento dispensam o produto. Depois de enchidos, os recipientes seguem para a estação de fechamento com tampa ou rolha e, posteriormente, para a estação de empacotamento.

    As envasadoras automáticas oferecem diversas vantagens:
    – Agilizam o processo de envase;
    – São integradas em sistemas de automação comandados por um controlador lógico programável (CLP), através do qual o integrador programa a máquina de acordo com o tipo de recipiente e a dosagem por recipiente;
    – Apresentam elevada produtividade;
    – Realizam uma dosagem de alta precisão.

    A principal desvantagem destas enchedoras é o preço, uma vez que são bastante caras. São, no entanto, as mais indicadas se procura uma máquina com elevada produtividade para a indústria química ou farmacêutica.

    Envasadoras semiautomáticas

    Máquina de enchimento semiautomática All-Fill

    Envasadora semiautomática da All-Fill

    Tal como as automáticas, as envasadoras semiautomáticas podem encher recipientes de plástico, vidro, aço inoxidável, etc. com qualquer tipo de produto. 

    Estas máquinas são ditas semiautomáticas pois certas operações devem ser executadas manualmente. Como não estão equipadas com transportadores elétricos, o operador tem de posicionar os recipientes na máquina e, em seguida, dar início ao enchimento pressionando um botão ou pedal. Possuem, no entanto, um motor elétrico para realizar o processo de enchimento de forma automática.

    Estas máquinas têm, assim, a vantagem de oferecer uma boa capacidade de produção a um preço mais acessível em comparação com uma envasadora totalmente automática.

    Envasadoras manuais

    Máquina enchedora volumétrica manual da COVEN EGIDIO

    Envasadora volumétrica manual da COVEN EGIDIO

    São máquinas inteiramente manuais, o que significa que o operador deve intervir nas diferentes etapas do processo de enchimento. Mais concretamente, o operador posiciona os recipientes e realiza a dosagem, por exemplo pesando as quantidades a envasar. O processo de enchimento também é manual, uma vez que essas envasadoras não dispõem do sistema de enchimento elétrico das máquinas semiautomáticas.

    As enchedoras manuais são mais baratas, mas não permitem alcançar níveis de produtividade elevados. São, portanto, recomendadas para processos de enchimento em pequena escala, como em laboratórios.

  • Envasadora automática linear ou rotativa?

    Envasadoras lineares

    Máquina de enchimento automática linear Shemesh Automation Ltd

    Envasadora automática linear da Shemesh Automation Ltd

    Como o próprio nome indica, as envasadoras lineares enchem os recipientes em linha. Mais pequenas do que as enchedoras rotativas, são totalmente automáticas e podem encher até 200 recipientes por minuto.

    São muito econômicas, de fácil manutenção e simples de configurar. São compatíveis com uma grande variedade de recipientes. O seu funcionamento pode ser facilmente interrompido se surgir um problema na linha de produção.

    São adequadas para pequenas e médias empresas.

    Envasadoras rotativas

    Máquina de enchimento automática rotativa PACK'R

    Envasadora automática rotativa da PACK’R

    Bastante maiores do que as máquinas lineares, as envasadoras rotativas podem efetuar o enchimento a velocidades muito elevadas, até 300 recipientes por minuto. Têm, portanto, uma capacidade de produção superior à das máquinas de enchimento lineares.

    É possível escolher o número de bicos de enchimento a usar, também chamados válvulas de enchimento, a fim de ajustar o nível de produção às necessidades.

  • Envasadoras volumétricas ou por peso?

    A maioria das máquinas de enchimento possuem um sistema de dosagem volumétrico ou ponderal, ou seja, por peso.

    Enchedora volumétrica automática STOPPIL

    Envasadora automática volumétrica da STOPPIL

    Envasadoras volumétricas

    Estas máquinas utilizam a técnica de dosagem volumétrica, que é realizada por meio de uma bomba. A bomba aspira um dado volume do produto armazenado no tanque e depois o injeta no recipiente a ser enchido.

    Há vários tipos de bombas que podem ser usados no enchimento volumétrico, nomeadamente as bombas de pistão.

    Enchedora com pistão Tenco

    Envasadora de pistão da Tenco

    As envasadoras de pistão são adequadas para produtos mais espessos, pastosos e de alta viscosidade, como compotas e geleias, que oferecem resistência ao escoamento. A máquina começa por encher o cilindro com o produto, que é depois empurrado por um pistão para o recipiente que se encontra por baixo do bico de enchimento. Como a dosagem por recipiente corresponde exatamente ao volume do cilindro, este sistema garante um enchimento volumétrico de alta precisão e repetibilidade.

    As enchedoras de pistão também podem ser utilizadas para envase de líquidos de baixa viscosidade.

    Há outros tipos de bombas muito usadas no envase industrial, como as bombas peristálticas e as bombas de engrenagens.

    Envasadora ponderal All-Fill

    Envasadora automática por peso da All-Fill

    Envasadoras por peso

    A envasadora por peso é também conhecida como envasadora ponderal ou envasadora com célula de carga. A máquina pesa o recipiente e o produto através de uma célula de carga/balança, interrompendo o enchimento quando é atingido o peso pré-definido. As envasadoras ponderais são compatíveis com todos os tipos de produtos, sejam líquidos, pastosos ou viscosos, a temperaturas entre 10°C e 100°C.

    São principalmente utilizadas nas indústrias cosmética, alimentícia e química.

Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *