Como escolher um balde para uma máquina de construção

Trata‑se de um acessório que é fixado na extremidade do braço articulado de uma máquina de construção, como uma escavadora ou uma carregadora. Estes baldes são mais conhecidos no Brasil por “caçambas” ou “conchas”.

Os baldes standard são usados em obras de construção, em minas e em pedreiras para escavar, recolher e movimentar materiais (terra, entulho, cascalho, etc.), ou ainda para os carregar em camiões.

Existem, ainda, baldes com configurações específicas para determinados trabalhos.

É essencial escolher um balde adequado ao uso e ao equipamento a que aquele se destina. Por exemplo, um erro no dimensionamento deste acessório pode afetar o rendimento da máquina e levar a um aumento do consumo de combustível.

Baldes para máquinas de construção: ver produtos

  • Quais os critérios de escolha de um balde para uma máquina de construção?

    Balde para escavadora da Fravizel

    Balde standard da Fravizel

    Os baldes podem apresentar diferentes configurações, dependendo do tipo de trabalho para o qual foram projetados. Para encontrar o balde adequado ao uso previsto, é indispensável conhecer os principais critérios de escolha destes acessórios. 

    Critérios de escolha de um balde:

    • Tipo de máquina de construção

    O balde é fixado ao braço mecânico de uma máquina de construção. Nem todos os baldes são adaptados a todas as máquinas. Há baldes para escavadoras hidráulicas, baldes para miniescavadoras, baldes para tratores, baldes para retroescavadoras, baldes para empilhadoras, baldes para manipuladores telescópicos e baldes para carregadoras. É, portanto, necessário certificar-se de que escolhe o balde certo para a máquina certa.

    • Sistema de acoplamento

    O balde possui um mecanismo que permite fixá‑lo ao braço da máquina. Assegure-se de que o balde que escolher tem um mecanismo compatível com o sistema de acoplamento da sua máquina. Existem dois sistemas de acoplamento:

    O acoplamento direto na máquina: o balde é fixado à máquina com dois pinos de articulação, ou cavilhas, que devem ser retirados e colocados manualmente.

    Vantagem: solução de baixo custo.

    Desvantagem: tratando‑se de um sistema manual, o operador tem de sair da cabine da máquina cada vez que for preciso trocar de acessório, o que pode ser demorado e mesmo perigoso em certos terrenos (por exemplo, em terrenos inclinados ou lamacentos).

    O acoplamento com engate rápido (mecânico ou hidráulico): o engate rápido é um dispositivo que facilita e agiliza a troca de acessórios. Os engates hidráulicos automáticos podem ser totalmente operados a partir da cabina da máquina.

    Vantagens: possibilidade de operação automática; sistema mais seguro.

    Desvantagem: preço mais elevado.

    As empresas de obras públicas optam frequentemente por este tipo de sistema.

    • Tipo de trabalho a realizar
    • Capacidade e tamanho do balde

    A escolha do balde deve obrigatoriamente ter em conta o tamanho da própria máquina. É importante não cair na tentação de escolher um balde de grandes dimensões para diminuir o número de ciclos de trabalho e acelerar a execução da obra. Na realidade, tal opção pode revelar-se contraproducente pois irá implicar maior esforço da máquina e, por conseguinte, maior consumo de combustível.

    Um balde demasiado pequeno em relação ao tamanho da máquina também terá como resultado um maior consumo de combustível, uma vez que serão necessários mais ciclos de trabalho.

    Assim, é fundamental optar por um balde de tamanho adequado tanto ao peso da máquina como ao trabalho a executar.

    Para uma miniescavadora até 10 toneladas, convém escolher um balde de largura inferior a 350 mm.

    Para uma carregadora de 50 toneladas, opte por um balde de 4 000 mm.

    • Materiais a manusear

    Os baldes são utilizados principalmente para escavar e movimentar materiais. Dependendo das características dos materiais, poderá ser necessário utilizar baldes reforçados, a fim de reduzir o desgaste por abrasão e prolongar a vida útil destes acessórios.

    Para materiais densos, como o granito, são utilizados baldes reforçados, em que as partes mais sujeitas a desgaste (ângulos de ataque, lâminas, etc.) são protegidas por chapas e outras peças de elevada resistência, que podem ser substituídas.

    Para materiais como cascalho, xisto e basalto, convém optar por baldes com dentes, que facilitam a penetração no solo.

    Para materiais de baixa densidade, como terra, areia e barro, os baldes não precisam de reforço de proteção.

    • Dentes

    Os baldes estão geralmente equipados com dentes. Estes diferem, nomeadamente, quanto ao tipo de fixação:

    Dentes com cavilhas de fixação

    Dentes aparafusados

    Dentes soldados

    O número de dentes é igualmente importante e a sua escolha dependerá do trabalho a realizar. Para escavar rocha dura, é necessário um balde com um número reduzido de dentes para se conseguir uma melhor penetração. Para a movimentação de terras, convém um balde com maior número de dentes, mais próximos uns dos outros, para reter a carga.

  • Quais os diferentes tipos de baldes e respetivas aplicações?

    Balde crivador da MB Crusher

    Balde crivador da MB Crusher

    Os baldes podem apresentar diferentes configurações, consoante as aplicações a que se destinam. Os baldes standard são usados para os trabalhos correntes de escavação. Para aplicações particulares, existem baldes com configurações específicas, como veremos em seguida. 

    Este é o tipo de balde mais comum. Serve principalmente para escavação e para movimentação de materiais. É o acessório que se encontra com maior frequência nas escavadoras.

    Como o seu nome indicada, funciona como um crivo ou uma peneira, permitindo separar e selecionar materiais (areia, pedras, terra) com granulometrias entre 10 e 150 mm. Podem ser usados em estaleiros de obras ou na limpeza de terrenos, por exemplo.

    Balde britador da Viper Metal

    O balde britador permite triturar materiais (cascalho, entulho, betão) diretamente no local da obra. Normalmente, é montado em escavadoras de médio porte.

    É bastante utilizado em trabalhos de terraplenagem e demolição, mas também para triturar resíduos de obras de construção, facilitando a sua retirada do local, transporte e posterior reciclagem. 

    O balde misturador é utilizado para misturar materiais como cimento, areia e brita para fabricar betão. Permite, assim, preparar o betão no estaleiro da obra, transportá-lo e descarregá‑lo diretamente no sítio pretendido, incluindo em locais de difícil acesso, como telhados e espaços exíguos.

    Pode realizar a mistura tanto de materiais secos como húmidos.

    É adaptado para montagem em carregadoras, em miniescavadoras ou em retroescavadoras.

    Os baldes para miniescavadoras têm uma capacidade entre 150 e 400 litros, enquanto os modelos para máquinas mais pesadas podem chegar aos 2 000 litros.

    Trata‑se de um balde em forma de V concebido para abertura de valas na berma da estrada ou de canais de drenagem.

    Os baldes trapezoidais podem ser acoplados a máquinas até 50 toneladas.

    • Balde estreito (Caçamba estreita)

    É ideal para abertura de valas pouco profundas e estreitas, destinadas à instalação de cabos elétricos, por exemplo.

    São indicados para escavação e limpeza de valas, regularização de taludes, bem como para enchimento e nivelamento de terrenos com materiais soltos (gravilha, terra).

    São adaptados para miniescavadoras de 800 kg a 6 toneladas e a sua capacidade pode variar entre 17 e 300 litros. No entanto, há baldes com maior capacidade de carga (até 400 litros), concebidos para máquinas mais pesadas, de cerca de 10 toneladas.

    Balde raiado da NUR GRUPO

    O balde raiado é composto por uma grelha que retém os materiais mais grossos, como pedras, ao mesmo tempo que deixa passar os materiais finos, como a terra.

    • Dente Ripper / Balde com dentes Ripper (Caçamba Ripper)

    Este é um acessório de extrema robustez e resistência, particularmente útil para operações de desmonte de rocha. Além disso, é também utilizado para separar resíduos e recolher entulho em estaleiros de obras de construção, bem como para remover cepos do solo e desenraizar árvores.

    Pode ser fixado a uma escavadora hidráulica, a uma retroescavadora ou a uma miniescavadora.

    • Balde tipo ancinho

    Como o nome sugere, trata-se de um acessório com um formato idêntico ao de um ancinho, que serve para manusear entulho, resíduos e vegetação. É utilizado nas áreas da construção civil, da agricultura e da exploração florestal. 

    É principalmente utilizado para trabalhos de limpeza da via pública (varredura, recolha de detritos). No entanto, também tem aplicações na indústria.

    • Balde de descarga elevada (Caçamba de alto despejo)

    Este tipo de balde monta-se numa carregadora e permite descarregar os materiais na totalidade a alturas mais elevadas do que os baldes tradicionais, como por exemplo em tremonhas ou em caixas de camiões.

    É bastante utilizado no setor agrícola, especialmente para recolher e descarregar cereais. No entanto, também é adequado para carregar e movimentar materiais de muitos outros tipos, como resíduos.

    Em geral, este tipo de balde oferece uma grande capacidade de carga. É utilizado para empurrar e recolher materiais. Pode ser montado numa carregadora de rodas ou de rastos.

    Com um único balde, é possível executar quatro operações correntes no setor da construção: carregar/recolher, empurrar, nivelar e encher/aterrar. A grande vantagem deste balde é, portanto, a sua versatilidade, pois permite efetuar quatro tipos diferentes de trabalho sem necessidade de mudar de acessório.

Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível.