Que transportador escolher?

O transportador é um equipamento de base na movimentação de materiais. A necessidade de reduzir custos e de acelerar a capacidade de produção tem levado à automatização crescente da movimentação de cargas. Neste guia, são abordados os tipos mais comuns de transportadores, de entre as várias tecnologias e configurações disponíveis no mercado.

Transportadores: ver produtos

  • Como escolher um transportador?

    Para escolher um equipamento adequado às suas necessidades, há vários critérios a considerar.

    O primeiro é a capacidade de carga, um fator decisivo na escolha do transportador. Em seguida, há que planear o percurso de transporte da carga. As características dos produtos a transportar são um aspeto igualmente importante, em particular o seu peso, volume e tipo (se se trata de produtos a granel ou embalados, por exemplo). Além disso, é necessário decidir qual a tecnologia mais adaptada à aplicação prevista. Por fim, deverá ter em conta o espaço disponível para a instalação do transportador. Por exemplo, se não houver espaço suficiente para instalar um sistema de transporte no solo, poderá optar por um transportador aéreo.

    Principais critérios de escolha:

    • Capacidade de carga
    • Características dos produtos a transportar
    • Percurso de transporte
    • Tecnologia do transportador
    • Espaço disponível
  • Quando optar por um transportador de correia?

    Transportador de correia da Transnorm System

    O transportador de correia é também chamado “correia transportadora”, “esteira transportadora” e “tapete transportador”. Permite movimentar cargas leves.

    A sua configuração varia consoante o tipo de correia de transporte, ou esteira, (material, textura, espessura, largura) e a posição do motor (numa  extremidade, no centro, à esquerda, à direita, por baixo do transportador, etc.). Existem correias transportadoras concebidas especificamente para resistir a temperaturas muito altas.

    Já os transportadores com correia rígida em acetal são capazes de movimentar cargas mais pesadas. Adequam‑se ao transporte seja de produtos a granel seja de produtos embalados, contrariamente aos transportadores de rolos.

  • Que tipo de transportador de correia escolher?

    Há vários tipos de transportadores de correia:

    • Transportadores de correia lisa: são os transportadores mais utilizados. Podem movimentar peças, embalagens individuais e produtos a granel, por exemplo.
    • Transportadores de correia modular: constituem uma gama intermédia, entre os transportadores de correia e os transportadores de corrente. As correias modulares, ou esteiras modulares, são compostas por elementos em plástico, unidos uns aos outros geralmente por dobradiças. As correias modulares são feitas de materiais mais resistentes, podendo assim transportar peças pesadas e abrasivas, peças a temperaturas elevadas ou com arestas vivas. Contrariamente aos transportadores de corrente, os transportadores de correia modular são fáceis de limpar e é possível substituir elementos danificados da correia de forma rápida e simples. A sua instalação é igualmente mais simples.

    Encontramos outros tipos de esteiras de transporte, como esteiras transportadoras com taliscas, esteiras transportadoras metálicas, etc.

  • Quando optar por um transportador de rolos?

    Transportador de rolos SIDEL

    Os transportadores de rolos, ou transportadores de roletes, são usados para movimentar produtos embalados por meio de rolos. A principal vantagem destes equipamentos é que é possível regular a sua altura e inclinação. Além disso, necessitam de pouca manutenção. Trata‑se de um sistema ergonómico e lavável, adequado para produtos que tenham uma superfície suficientemente grande para assentar em três rolos.

    A escolha de um transportador de rolos deverá basear‑se nos seguintes fatores:

    • Características dos produtos a transportar, mais precisamente o seu tipo, dimensões e peso.
    • O setor de atividade em que será utilizado. Se deseja adquirir um transportador de rolos para a indústria alimentar, por exemplo, deverá optar por um modelo com rolos em aço inoxidável.
    • O percurso de transporte, para decidir se precisa de um transportador reto ou curvo. Os transportadores de rolos podem descrever percursos mais complexos do que os transportadores de correia.
    • O tipo de acionamento do transportador, se manual, por gravidade ou motorizado.
  • Que tipo de transportador de rolos escolher?

    Existem vários tipos de transportadores de rolos:

    • Transportadores de rolos livres, ou transportadores de roletes livres: facilitam a deslocação da carga que é impulsionada por um operador.
    • Transportadores de rolos por gravidade, ou transportadores de roletes por gravidade: têm um funcionamento semelhante aos transportadores de rolos livres, mas apresentam uma inclinação que lhes permite usar a força gravitacional para movimentar os produtos. Graças a uma ligeira inclinação (entre 1,5% e 5%) e ao peso dos produtos, os rolos imprimem movimento às cargas, fazendo‑as avançar ao longo do transportador. Os transportadores de rolos por gravidade são adequados para produtos com uma base plana e rígida.
    • Transportadores de rolos motorizados, ou transportadores de roletes motorizados: os rolos transportadores são acionados por um motor, movimentando assim as mercadorias.
  • Quando optar por um transportador de correntes?

    Transportador de corrente SpanTech

    Este tipo de transportador destina‑se, nomeadamente, à movimentação de cargas pesadas, como paletes, que não podem ser transportadas num transportador de rolos. Para o transporte de produtos de menores dimensões ou menos rígidos, é necessário instalar mais correntes no transportador. Há transportadores com duas, três, quatro e até mesmo cinco ou mais correntes.

    Os modelos de transportadores de correntes diferem quanto ao número e ao material das correntes (aço, aço inoxidável, plástico) que os constituem, bem como à robustez da sua estrutura de suporte, em geral soldada mecanicamente e, portanto, mais adequada para cargas pesadas.

    Ao contrário dos transportadores de correia e dos transportadores de rolos, há transportadores de correntes aéreos, que serão objeto da secção seguinte.

  • Quando optar por um transportador aéreo?

    Transportador aéreo T M T

    Os transportadores aéreos são fixados ao teto e consistem num sistema de carris, ou trilhos, nos quais desliza um carro com uma corrente e um gancho de carga, por exemplo. Servem para movimentar cargas suspensas entre dois pontos. São utilizados em muitos setores de atividade, tais como a metalurgia, o tratamento de superfícies (por exemplo, em cabines de pintura), a indústria automóvel, etc.

    Oferecem diversas vantagens:

    • A sua instalação é feita por medida;
    • Não ocupam espaço no chão;
    • Exigem pouca manutenção;
    • Permitem a movimentação segura de produtos, reduzindo o risco de acidentes.
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *