Que broca escolher?

As brocas são ferramentas de corte utilizadas para realizar furos de secção geralmente circular, através da remoção de material. Existem brocas de diferentes tipos e diâmetros, dependendo a escolha do tipo de material a perfurar e da largura pretendida para o furo.

 

Brocas: ver produtos

  • Como escolher uma broca?

    A escolha de uma broca deve basear-se, antes de mais, no tipo de material que se pretende furar. Cada material tem um grau de dureza e propriedades mecânicas específicas, exigindo assim uma broca com determinadas características. Este facto explica a grande variedade de brocas disponíveis atualmente no mercado.

    Estes são os principais critérios a ter em conta para escolher uma broca:

    • Material da broca: aço rápido HSS ou carboneto de tungsténio.
    • Encabadouro: em função da máquina que se vai utilizar.
    • Diâmetro.
    • Tipo de broca: broca helicoidal, broca escalonada, broca de mandrilar, broca de centrar, broca cónica, broca com pastilhas de corte.
    • Revestimento da broca.
    • Ângulo da ponta.
    • Comprimento da broca: série curta ou série longa.

    Critérios de escolha:

    • Material
    • Tipo de broca
    • Encabadouro
    • Diâmetro
    • Revestimento
    • Ângulo da ponta
    • Comprimento
  • Optar por uma broca inteiriça ou com pastilhas intercambiáveis?

    Broca com pastilhas de corte da Allied Machine & Engineering

    As brocas com pastilhas de corte, ou brocas com insertos, destinam‑se a fazer furos de grande diâmetro com máquinas-ferramenta. Em comparação com as brocas helicoidais, inteiriças, as brocas de pastilhas podem ser utilizadas a velocidades muito superiores e para furar uma maior variedade de materiais. Também são mais económicas, pois as pastilhas podem ser substituídas quando apresentam desgaste. De notar que a troca de pastilhas é uma operação bastante rápida. Além disso, cada pastilha possui várias arestas de corte.

    As brocas inteiriças têm a vantagem de ser mais rígidas. São adequadas para pequenos diâmetros e tolerâncias apertadas. Em caso de desgaste, podem ser facilmente afiadas.

  • Que broca utilizar com cada material?

     Em seguida, encontra uma breve caracterização das brocas de uso mais corrente.

    • Brocas para madeira: podem ser utilizadas em todos os tipos de madeira, como madeiras macias, madeiras duras, folheados e contraplacados.
    • Brocas para metal: são utilizadas para perfurar todo o tipo de metal. Entre estas, as brocas de pastilhas constituem um caso particular, uma vez que são usadas apenas em máquinas-ferramenta.
    • Brocas para betão e alvenaria: são brocas em aço com uma cabeça de carboneto de tungsténio soldada por brasagem.
    • Brocas para azulejos e vidro: assemelham-se a pequenas lanças e só devem ser utilizadas para realizar perfurações a baixa velocidade.
    Tipo de broca

     

    Encabadouro predominante

     

    Material da broca

     

    Qualidade

     

    Características específicas Materiais a furar
    Características Qualidade
    Brocas para betão (concreto) Encabadouro liso, SDS Plus, SDS Max Carboneto de tungsténio Entre

    ***

    e

    **** 

    (dependendo da percentagem de carboneto)

    Ponta com 2 gumes ** Betão, betão armado, blocos de cimento, pedra
    Ponta com 3 gumes ****
    Ponta com 4 gumes ******
    Carboneto ****** Ponta em carboneto ******
    Broca para metal Encabadouro liso ou sextavado HSS ** Aço laminado (uso ocasional) ou retificado (uso frequente) Metais não ferrosos
    HSS – R **
    HSS – G ***
    Titânio **** Broca retificada

     

    Carboneto de tungsténio ****
    Cobalto ***** Broca retificada Metais ferrosos e não ferrosos, aço inoxidável, etc.
    Carboneto (inteiriça) ****** Broca retificada Todos os tipos de aço
    Broca para máquina-ferramenta Encabadouro cilíndrico (ISO 9766)

    Cone Morse

    SDS

    Com pastilhas de carboneto ****** Pastilhas intercambiáveis Metais ferrosos e não ferrosos
    Broca de chanfrar
    Broca de rebaixar
    Broca de chanfrar-rebaixar
    HSS
    Broca para madeira Encabadouro liso ou sextavado Aço **** Broca plana (broca chata, broca pua) Madeiras de carpintaria e marcenaria
    Broca de três pontas
    Broca espiral Madeiras para estruturas
    Broca para azulejos Encabadouro liso Carboneto de tungsténio *** Broca cónica Azulejos, cerâmica, telhas
    Broca para vidro Diamante **** Broca cónica Vidro

    Tipos de brocas:

    • Brocas para madeira
    • Brocas para metal
    • Brocas para betão e alvenaria
    • Brocas para azulejos e vidro
  • Escolher uma broca feita de que material?

    Brocas da marca Walter

    Há brocas e pastilhas de corte fabricadas em diversos materiais, sendo que cada material apresenta vantagens e desvantagens.

    • Broca de metal duro: para uso geral.
    • Broca HSS (aço rápido): para perfuração a velocidades mais elevadas, versátil, de preço mais acessível do que as brocas de carboneto.
    • Broca de carboneto: velocidade de corte quatro vezes superior à permitida pela broca HSS, mas mais frágil. Estas brocas são difíceis de afiar.
    • Broca em cerâmica: para altas temperaturas e para velocidades de corte e de avanço ainda mais elevadas sem acumulação de aparas na ferramenta. Estas brocas são adequadas para materiais refratários; no entanto, não podem ser afiadas.

    Existem também vários tipos de revestimentos:

    • Revestimento diamantado: para materiais abrasivos, como a grafite. Com uma dureza superior à dos revestimentos de CBN, por exemplo, oferece maior resistência ao desgaste.
    • Revestimento de CBN: para furação de aços com dureza superior a 45-50 HRC, de ferro fundido cinzento, de ligas de ferro fundido com cromo endurecido, de ligas antidesgaste à base de cobalto, níquel ou ferro. Apresenta maior resistência às altas temperaturas do que os revestimentos diamantados.
    • Revestimento de PCD: adequado para alumínio, metais não ferrosos, metais preciosos (prata e ouro), carboneto (antes do processo de sinterização), plásticos, borracha e ligas de titânio.
  • Escolher uma broca com que geometria?

    Broca escalonada da marca ALFRA

    Há brocas com diferentes geometrias:

    • Broca helicoidal (ou espiral): é a broca mais comum, usada para fazer furos em madeira, metal, plástico e em muitos outros materiais. A maioria é feita de aço rápido HSS. No entanto, não é adequada para alvenaria. Em geral, as brocas helicoidais não necessitam de furos piloto, ou seja, de pré-furação, pois são autocentrantes. Como são brocas de uso universal, constituem uma boa solução se pretende adquirir uma broca sem ter um projeto específico em mente.
    • Broca escalonada (ou Unibit): tem uma ponta de forma cónica com vários escalões. Permite realizar furos de diferentes diâmetros em madeira, metal e plástico, com uma única broca. Esta broca é a mais adequada para furar chapas de metal.

    Existem brocas com geometrias específicas em função dos materiais a perfurar.

    • Perfuração em madeira: as brocas específicas para madeira têm geralmente uma ponta centradora.
    • Perfuração em metal: as serras craneanas (ou brocas anulares) são compostas pela coroa e por uma broca piloto ou um pino guia, que tem como função centrar e guiar o furo. Convém manter uma velocidade de rotação baixa para prolongar a vida útil da broca.
    • Perfuração em alvenaria: é realizada com brocas adequadas para tijolo e betão (concreto). Estas distinguem‑se facilmente pela ponta geralmente em carboneto de tungsténio. As brocas para alvenaria são sempre utilizadas com martelos perfuradores ou com berbequins de percussão.

    As brocas para máquinas-ferramenta podem ter três tipos de encabadouros:

    • Encabadouro cilíndrico plano, de acordo com a norma ISO 9766.
    • Encabadouro cone Morse, para porta-brocas que também sejam cone Morse.
    • Encabadouro SDS, para porta-brocas SDS de tamanho compatível com ajuste automático sem chave.
  • Que normas definem as características das diferentes brocas?

    Estas são as principais normas para brocas:

    • Norma DIN 333: brocas de centrar 60°, tipos R, A e B
    • Norma DIN 338: brocas com encabadouro cilíndrico, série curta
    • Norma DIN 340: brocas com encabadouro cilíndrico, série longa
    • Norma DIN 345: brocas com encabadouro cone Morse
    • Norma DIN 1869: brocas com encabadouro cilíndrico, série extralonga
    • Norma DIN 1870: brocas com encabadouro cone Morse, série extralonga
    • Norma DIN 1897: brocas com encabadouro cilíndrico, série extracurta
    • Norma DIN 6537: brocas helicoidais inteiriças de metal duro com encabadouro cilíndrico
    • Norma DIN 6539: brocas inteiriças de metal duro com encabadouro cilíndrico
    • Norma DIN 8037: brocas com encabadouro cilíndrico e pastilhas de carboneto para metais
    • Norma DIN 8374: brocas escalonadas com encabadouro cilíndrico para furos passantes e para furos escareados destinados a alojar a cabeça dos parafusos
    • Norma DIN 8378: brocas escalonadas com encabadouro cilíndrico para furos-piloto com rosca
    • Norma DIN 8379: brocas escalonadas com encabadouro cone Morse para furos-piloto com rosca
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *