Como escolher um elevador automotivo

Um elevador automotivo é um equipamento que serve para levantar um veículo com o objetivo de facilitar a sua manutenção, reparação ou inspeção. É usado principalmente em oficinas mecânicas e de funilaria. 

Os elevadores automotivos permitem levantar qualquer tipo de veículo, incluindo os pesados. As suas características variam de acordo com o tipo de veículos e de serviços a que se destinam.

Elevadores automotivos: ver produtos

  • Quais os diferentes tipos de elevadores automotivos?

    Os principais são os elevadores de colunas, os elevadores pantográficos e os elevadores com plataforma.

     

    Elevadores de colunas

    Os elevadores de colunas estão disponíveis em diferentes modelos: com uma, duas ou quatro colunas.

    Elevador auto de 2 colunas da Cascos Maquinaria, S.A.

    Elevador automotivo de 2 colunas da Cascos Maquinaria, S.A.

    • Elevadores automotivos de 1 coluna: fixos ou móveis, estes elevadores têm capacidade para veículos até 2,5 toneladas. São usados para veículos mais leves, como motos.
    • Elevadores automotivos de 2 colunas: elevam o veículo pelo centro do chassi, deixando livres as rodas e a parte inferior da carroceria, o que pode facilitar certos trabalhos. Este tipo de elevador permite executar todo o tipo de serviços em veículos até 2,5 toneladas.
    • Elevadores automotivos de 4 colunas: possuem duas rampas sobre as quais ficam apoiadas as rodas do veículo. São adequados para serviços de reparação e de alinhamento. Tal como certas rampas de alinhamento, alguns modelos têm um sistema suplementar de elevação, geralmente um macaco pneumático, que permite levantar o eixo dianteiro ou traseiro do veículo com total segurança. Os elevadores de quatro colunas são, no entanto, mais caros do que os de uma e duas colunas e também ocupam mais espaço na oficina.

     

    Elevadores automotivos pantográficos

    Os elevadores automotivos pantográficos, ou elevadores de tesoura, são elevadores móveis, geralmente hidráulicos, que oferecem maior velocidade de elevação do que os modelos de colunas. Além disso, a ausência de colunas permite o fácil acesso a toda a carroceria. Os elevadores hidráulicos exigem um pouco menos de manutenção do que os restantes.

    • Os elevadores pantográficos simples têm uma altura de elevação máxima de cerca de 1 metro, constituindo uma boa solução para oficinas com tetos mais baixos.
    • Os elevadores pantográficos de dupla tesoura têm uma altura de elevação máxima de cerca de 2 metros, permitindo alcançar a caixa de câmbio e o sistema de escapamento dos veículos, por exemplo.

     

    Elevadores automotivos de plataforma

    Certos elevadores automotivos de plataforma podem ser uma boa alternativa aos elevadores de 4 colunas, dado que permitem realizar o mesmo tipo de serviços e ocupam menos espaço. Este tipo de elevador é geralmente a solução adotada pelos centros automotivos e de inspeção veicular.

  • Que elevador escolher de acordo com o tipo de veículos?

    Para escolher o elevador certo, convém ter em consideração os seguintes fatores:

    Elevador de tesoura da O.ME.R. Spa

    Elevador pantográfico da O.ME.R. S.p.A.

    • Capacidade de carga: de um modo geral, varia entre 2,5 e 6 toneladas; 
    • Altura de elevação: pode ir até 2,5 m;
    • Espaço disponível na oficina;
    • Opções pretendidas (por exemplo, elevador de baixo perfil);
    • Compatibilidade com tipos especiais de veículos, se necessário (como empilhadeiras e outras máquinas de movimentação de cargas, etc.).

    elevadores automotivos para carros, elevadores automotivos para caminhões, elevadores para ônibus, elevadores para tratores, etc.

     

    Elevadores automotivos para veículos pesados

    Para levantar veículos pesados (caminhões, ônibus, tratores, etc.), existem elevadores próprios com capacidades de carga especialmente elevadas.

    São várias as soluções disponíveis no mercado:

    • Elevadores automotivos com plataforma e/ou rampas e elevadores pantográficos para operações rápidas de troca de óleo ou de inspeção veicular, por exemplo;
    • Elevadores automotivos de colunas, mais versáteis;
    • Elevadores de colunas móveis, que consistem em várias colunas separadas mas sincronizadas entre si, nas quais vão assentar as rodas do veículo.
  • Elevador automotivo pneumático ou hidráulico?

    Embora existam alguns elétricos, a grande maioria dos elevadores automotivos são pneumáticos ou hidráulicos (com bomba hidráulica acionada por motor elétrico). Apresentamos, de seguida, as principais características destes dois tipos de elevadores.

    Elevadores automotivos pneumáticos: 

    • Oferecem maior capacidade de carga (até 5 toneladas, no caso dos elevadores pneumáticos de colunas);
    • São bastante caros.

    Elevadores automotivos hidráulicos:

    • São os mais comuns, nomeadamente devido ao seu preço acessível;
    • Exigem menos manutenção;
    • A tensão de alimentação do motor varia entre 220 V e 400 V, consoante os modelos (estes valores podem ser diferentes em certos países).
  • Que tipo de elevador escolher de acordo com o trabalho a realizar?

    Para serviços de manutenção que exijam acesso à parte de baixo do chassi, opte por um elevador pantográfico.

    Para trocar pastilhas de freio ou pneus, prefira um elevador de 2 colunas.

    Para reparações rápidas fora da oficina ou para um amador de mecânica ter em casa, a melhor solução será um elevador automotivo compacto, fácil de transportar. Nesta categoria, irá encontrar maioritariamente elevadores pantográficos móveis.

  • Quais as limitações associadas a certos tipos de elevadores?

    Os elevadores de colunas têm a desvantagem de ocupar muito espaço. É importante ter isso em consideração antes de adquirir um destes modelos para a sua oficina. 

    Elevador automotivo embutido da AUTOPSTENHOJ

    Elevador automotivo embutido da AUTOPSTENHOJ

    A altura do teto da oficina também deve ser levada em conta ao escolher a altura de elevação do equipamento. Os elevadores pantográficos simples podem subir até 1 metro, sendo uma boa opção para oficinas com tetos baixos.

    Por fim, os elevadores automotivos embutidos têm um custo de instalação elevado, devido às obras que é necessário realizar no piso.

  • Elevador automotivo: quais os cuidados de uso e manutenção?

    Um elevador automotivo requer manutenção regular e operadores qualificados. Indicamos aqui alguns procedimentos indispensáveis para garantir o funcionamento correto e seguro do elevador.

     

    Manutenção / inspeção anual por técnico especializado

    • Na maioria dos países, o elevador automotivo deve ser inspecionado uma vez por ano por um profissional habilitado e especializado nesses equipamentos;
    • No caso dos elevadores hidráulicos, a manutenção anual inclui a troca do óleo.

     

    Manutenção regular por operador qualificado

    • Devem ser verificados regularmente todos os componentes e mecanismos, como os pistões, quanto à presença de poeiras, ferrugem, etc., que possam causar danos no equipamento ou deteriorar os dispositivos de segurança;
    • A área por baixo e ao redor do elevador deve estar sempre limpa e desimpedida;
    • É necessário lubrificar todas as partes móveis do elevador com o óleo adequado;
    • No caso dos elevadores de colunas, deve-se verificar os cabos em aço responsáveis pelo acionamento dos braços, que estão sujeitos a desgaste;
    • O operador deve‑se assegurar de que a subida e descida dos braços ocorre de forma sincronizada, para garantir a movimentação equilibrada do veículo.

     

    Treinamento dos operadores

    • Os operadores devem receber treinamento específico para trabalhar com um elevador automotivo, pois somente pessoas qualificadas e treinadas estão autorizadas a utilizar esse tipo de equipamento.
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível.