Que guincho escolher?

O guincho é um equipamento destinado a içar ou a rebocar cargas por meio, quer de um cabo que se enrola à volta de um cilindro denominado «tambor» ou «carretel», quer de uma corrente que gira em torno de uma roda de acionamento.

Existem guinchos manuais, elétricos, pneumáticos, hidráulicos e com motor de combustão. São equipamentos de elevação e de tração utilizados na indústria metalúrgica e na construção civil para elevação e movimentação de cargas pesadas, no setor marítimo para içar embarcações, no setor automóvel para rebocar veículos, etc.

Os guinchos destinados à elevação (movimentação vertical) de cargas devem obedecer a normas mais rigorosas do que os guinchos projetados para operações de tração (isto é, para puxar cargas num plano horizontal).

Guinchos: ver produtos

  • Como escolher um guincho?

    Guincho da marca PLANETA-HEBETECHNIK GMBH
    Guincho da marca PLANETA-HEBETECHNIK GMBH

    Para saber que tipo de guincho escolher, deverá ponderar os seguintes aspetos:

    • Qual é o uso pretendido para o guincho: deve içar cargas, movê-las horizontalmente ou num plano inclinado?
    • Em que área de atividade conta utilisá-lo? Os guinchos são usados em diferentes ramos da indústria, no setor marítimo, assim como no setor automóvel.
    • Qual a capacidade de carga necessária, ou seja, que peso deverá o guincho poder içar ou puxar?
    • Em média, qual a distância de movimentação da carga? Deve assegurar-se de que o comprimento do cabo ou da corrente de tração será suficiente e de que o tambor onde estes são enrolados tem as dimensões apropriadas.

    Existem também outros critérios a considerar como o tipo de acionamento. O guincho pode ser manual ou possuir um motor elétrico, hidráulico ou de combustão interna. Em geral, os guinchos são mecanismos concebidos para enrolar um cabo, uma corda ou uma corrente em torno de um tambor, em espiral e em camadas sucessivas, de modo a ocupar toda a largura deste.

  • Que tipo de acionamento escolher?

    Guincho com motor de combustão da marca HUCHEZ
    Guincho com motor de combustão da marca HUCHEZ

    A maioria dos guinchos possui um motor, mas existem alguns manuais, destinados principalmente a uma utilização ocasional ou em espaços onde seja difícil ligá-los à rede elétrica.

    Há quatro tipos principais de acionamento: os motores elétricos, os motores de combustão interna, o acionamento hidráulico e o acionamento manual.

    Os guinchos com motor elétrico dividem-se em duas categorias: os que são ligados à rede elétrica e os que são alimentados por uma bateria, ligados, por exemplo, a um carro ou a um camião. Os guinchos elétricos destinam-se a uma utilização intermitente, uma vez que aquecem bastante. Para operações com cargas muito pesadas ou para um uso intensivo, é preferível optar por um guincho com fusível térmico a fim de evitar que o equipamento se danifique. Além disso, deverá escolher um guincho com capacidade de carga superior aos pesos com que irá operar para evitar o sobreaquecimento do motor.

    Se preferir um guincho que funcione a bateria, certifique-se de que a potência da bateria que irá utilizar é suficiente para acioná-lo. Com uma fonte de alimentação de 12 volts, um guincho pode consumir mais de 400 amperes na sua capacidade máxima.

    Os guinchos com motor de combustão são mais pesados e mais caros do que os elétricos. Por outro lado, têm geralmente um ciclo de trabalho de 100%, isto é, podem funcionar em contínuo, sem necessidade de paragens para arrefecerem.

    Os guinchos hidráulicos estão ligados a um sistema hidráulico que aciona o tambor. Estes guinchos possuem um ciclo de trabalho de, igualmente, 100% e uma capacidade de carga geralmente bastante elevada. No entanto, é preciso que o sistema hidráulico seja adequado a este tipo de utilização: um guincho hidráulico poderá necessitar de uma pressão que pode ir até 160 bares e de um fluxo que pode atingir os 60 litros por minuto (l/m). Este tipo de guincho é utilizado, nomeadamente, em navios ou em plataformas no mar.

    Os guinchos manuais são utilizados para cargas mais leves. A sua vantagem consiste no facto de o seu acionamento não depender da ligação a uma fonte de energia.

    Do ponto de vista do acionamento, há quatro tipos principais de guinchos:

    • guinchos elétricos
    • guinchos com motor de combustão
    • guinchos hidráulicos
    • guinchos manuais
  • Quando optar por um guincho manual?

    Guincho manual da marca HAACON HEBETECHNIK GMBH
    Guincho manual da marca HAACON HEBETECHNIK GMBH

    Os guinchos manuais devem ser acionados por uma ou mais pessoas, dependendo da velocidade de tração desejada. O guincho manual pode ser de manivela, ou catraca, (devendo efetuar-se um movimento rotativo contínuo para o acionar) ou então de alavanca (devendo efetuar-se um movimento retilíneo de vaivém para o acionar). O movimento manual aplicado à manivela ou à alavanca vai permitir enrolar o cabo ou a corrente, ocorrendo assim a tração ou a elevação da carga, conforme os casos. Estes guinchos possuem um sistema de desengate da embraiagem que permite o desenrolamento do cabo ou corrente por ação do peso da carga. São principalmente utilizados para o içamento de cargas médias.

    De um modo geral, os guinchos manuais têm uma capacidade de elevação que não ultrapassa as 2 toneladas, e isto no caso dos equipamentos de maiores dimensões.

    Habitualmente, recorre-se a um guincho manual quando não se dispõe de uma fonte de energia próxima e se não for possível utilizar um guincho com motor de combustão.

    Critérios de escolha de um guincho manual

    • capacidade de carga média (até 2 toneladas) 
    • inexistência de fonte de energia
  • Como dimensionar um guincho?

    Para calcular o dimensionamento do guincho de acordo com as suas necessidades, deverá ter em atenção a capacidade máxima de carga do equipamento. Esta capacidade deverá ser superior ao peso máximo que tiver que içar ou puxar, a fim de evitar quaisquer riscos de acidente. Geralmente, a capacidade de tração deve ser duas vezes superior ao peso da carga a movimentar. Deve prever-se uma margem de segurança de 50%, no mínimo. A capacidade do guincho é, habitualmente, indicada em quilogramas (kg) ou em libras (lbs). Se a capacidade de carga for indicada em libras e desejar convertê-la em quilos, ou vice-versa, basta saber que uma libra equivale aproximadamente a 0,45 kg.

    Também deverá levar em conta que o cabo ou corrente irá enrolar-se à volta do tambor em camadas sucessivas, dependendo do seu comprimento, e que a capacidade do guincho indicada pelo fabricante se refere apenas à primeira camada de enrolamento. À medida que o cabo ou a corrente se vai enrolando, aumenta não só o diâmetro de enrolamento, mas também a velocidade do guincho. Já a capacidade de tração do equipamento diminui, devido ao aumento do torque associado ao aumento do diâmetro de enrolamento. Pode calcular-se uma diminuição da capacidade de tração do guincho na ordem dos 13% por cada camada já enrolada.

    Se já conhecer o peso da carga que o guincho deverá içar, assegure-se de que a capacidade de carga indicada pelo fabricante não diz respeito unicamente à tração, ou seja, ao peso da carga que o equipamento poderá arrastar, não içar.

    A velocidade de rotação do guincho e o diâmetro do tambor determinam a velocidade de tração do equipamento e devem ser adequados ao uso previsto. De notar que a velocidade de rotação de um guincho sem carga é diferente da de um guincho com a carga máxima. Em geral, um guincho apresenta uma velocidade de tração de aproximadamente 1,5 m por minuto. De notar que, quanto mais rápido for o guincho, mais elevada será a potência consumida.

    Critérios de escolha para o dimensionamento de um guincho

    • capacidade de carga
    • diâmetro do tambor
    • rotação do guincho
    • velocidade de tração
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *